1911

Pular para o conteúdo
Prefeitura Municipal de
Una

Dia Nacional da Imunização: Ministério da Saúde convida brasileiros para atualizar caderneta de vacinação

Fonte: Ministério da Saúde
09/06/2022 às 19h22

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


Dia Nacional da Imunização: Ministério da Saúde convida brasileiros para atualizar caderneta de vacinação

Pasta afirma que vacinas protegem contra doenças imunopreveníveis e têm impacto direto na saúde dos brasileiros

rápido, custa só uma picada no braço e pode salvar vidas. Nesta quinta-feira (9), Dia Nacional da Imunização, o Ministério da Saúde volta a convidar a população para se vacinar e atualizar da Caderneta de Vacinação, importante instrumento de acompanhamento da saúde desde a infância. Segundo o Ministério da Saúde, as vacinas protegem contra doenças imunopreveníveis e têm impacto direto na saúde e qualidade de vida dos brasileiros.

Na Atenção Primária, principal porta de entrada do cidadão ao Sistema Único de Saúde (SUS), a imunização é um dos principais componentes. Atualmente, o Programa Nacional de Imunizações (PNI) oferece gratuitamente à população brasileira 49 imunobiológicos, sendo 22 vacinas, 13 soros e 4 imunoglobulinas para os atendimentos de rotina, dos Centros de Referência para Imunobiológicos Especiais (CRIE) e em situações específicas.

A proteção começa ainda nos primeiros dias de vida e podem se estender por toda a vida, contemplando as necessidades de todas as faixas etárias.

Atualmente, o Governo Federal, realiza duas importantes campanhas para imunizar os brasileiros contra a Covid-19, a Influenza e o Sarampo. “Quero convidar os brasileiros a procurarem um dos pontos de vacinação para se protegerem contra a Influenza. Cerca de 50% do público-alvo já recebeu a dose da vacina. A campanha vai até o dia 24 de junho”, contou o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, em seu perfil nas redes sociais.

Prova de que a vacinação salva vidas é que campanhas de imunização no passado ajudaram a erradicar doenças que provocaram milhares de óbitos, como varíola e poliomielite. Outras doenças transmissíveis, como a rubéola e rubéola congênita, também deixaram de ser um problema de saúde pública porque foram eliminadas com vacina.

O Brasil tem uma das políticas mais completas de vacinação, tendo em seu escopo o PNI, maior programa de imunização do mundo. O Governo Federal oferece gratuitamente todas as vacinas recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS), além de contar com um Calendário Nacional de Vacinação que atende todos os ciclos de vida. Os imunizantes previstos podem ser acessados em uma das mais de 48 mil Unidades Básicas de Saúde.

O PNI

O Programa Nacional de Imunizações do Brasil tem avançado ano a ano para proporcionar melhor qualidade de vida à população com a prevenção de doenças. Tal como ocorre nos países desenvolvidos, o Calendário Nacional de Vacinação do Brasil contempla não só as crianças, mas também adolescentes, adultos, idosos, gestantes e povos indígenas.

As vacinas são seguras e estimulam o sistema imunológico a proteger a pessoa contra doenças transmissíveis. Quando adotada como estratégia de saúde pública, elas são consideradas um dos melhores investimentos em saúde considerando o custo-benefício.

Gustavo Frasão

Ministério da Saúde

Categoria

Saúde e Vigilância Sanitária